Resolvendo Todos Os Problemas Do Windows E Outros Programas

Que tipo de arquivo é esse?

ITworld.com -Uma das grandes diferenças entre os sistemas Unix e Windows é como os dois sistemas classificam e reconhecem diferentes tipos de arquivos. Embora os sistemas Unix atribuam menos importância às extensões de arquivo do que suas contrapartes do Windows, extensões de arquivo, eles ainda podem desempenhar um papel importante - como identificar um arquivo como um arquivo tar compactado ou pdf. Mas mesmo quando algum tipo de gerenciador de arquivos é usado, a ação que ocorre quando um usuário clica duas vezes em um ícone pode ter menos a ver com o nome do arquivo do que com o conteúdo do arquivo.

O comando de arquivo



Para descobrir o que seu sistema Unix pensa sobre um arquivo específico, o melhor comando a ser usado é o comando file. O comando file examina um arquivo para determinar o que é em virtude do tipo de dados que contém. E faz isso usando uma das várias técnicas. Se você chamasse um arquivo JPEG de 'happycat.gif', por exemplo, o comando de arquivo ainda o identificaria como um arquivo JPEG. Sua capacidade de identificar muitos tipos de arquivos binários depende do uso de 'números mágicos'.



windows 8.1buy

É Magica

O comando file funciona, em parte, usando um arquivo chamado / etc / magic (Solaris, Mac OS X, etc.). Este arquivo identifica os tipos de arquivo especificando os números mágicos contidos em algum lugar em arquivos específicos - geralmente nos primeiros X bytes - e onde esses números podem ser encontrados. Um arquivo JPEG, por exemplo, é identificado como tendo os valores 377, 330, 377 e 340 ou os valores 377, 330,377 e 341 nos primeiros quatro bytes. Esses bytes são expressos em octal, como você provavelmente pode verificar por seus valores. As entradas do arquivo mágico para identificar arquivos JPEG podem ser assim:



0 string 377330377340 JPEG file 0 string 377330377341 JPEG file 

Para ver por que o comando file identifica happycat.gif como um arquivo JPEG, você pode usar o comando od para visualizar uma parte do conteúdo do arquivo:

asclepius> od -bc happycat.gif | head -2 0000000 377 330 377 340 000 020 112 106 111 106 000 001 002 000 000 144 377 330 377 340  020 J F I F  001 002   d 

Observe que os primeiros quatro bytes correspondem a um dos padrões especificados no arquivo mágico.

O comando file também reconhecerá outros tipos de arquivos binários. Os binários do sistema no Solaris, por exemplo, serão identificados como binários ELF de 32 bits. O comando também identificará a arquitetura do arquivo - sparc ou 80386. O comando de arquivo no Mac OS X, por outro lado, identificará os binários do sistema como 'Mach-O executável ppc'.



Toda variedade de arquivos de texto

Nem todos os arquivos contêm números mágicos, é claro, você e eu, afinal, não inserimos códigos especiais nos scripts que escrevemos ou nos arquivos de texto que criamos. Mesmo assim, o comando file tenta vários 'truques' para ajudá-lo a reconhecer o conteúdo dos arquivos ASCII.

diferença entre cromo e cromo

Por exemplo, um arquivo de texto que parece conter texto ASCII, mas não mostra sinais que indiquem uma linguagem de script específica, será simplesmente identificado como texto ascii. Um arquivo contendo uma linha shebang, por outro lado, será identificado como sendo bash, csh, perl ou algum outro tipo de script.

Embora a maioria dos arquivos com os quais você lida provavelmente tenha extensões de arquivo que indicam corretamente seu conteúdo e formato, você pode ocasionalmente se deparar com um arquivo que não indica. Se você tentar descompactar um arquivo aparentemente compactado com gzip e obter uma resposta como esta, seu próximo movimento provavelmente será emitir o comando 'arquivo qualquer.gz'.

filmes flv
asclepius> gunzip whatever.gz gunzip: whatever.gz: not in gzip format 

A resposta do comando de arquivo permitirá que você saiba como trabalhar com o arquivo em questão.

Se você obtiver esta resposta ao tentar executar um aplicativo instalado recentemente, sua primeira resposta provavelmente será a mesma.

asclepius> ./runjib bash: ./runjib: cannot execute binary file 

O comando de arquivo pode dizer a você algo assim:

asclepius> file ./runjib ./runjib: ELF 32-bit LSB executable 80386 Version 1, dynamically linked, stripped 

Se você estiver trabalhando em um sistema Sparc, não é de se admirar que o sistema não possa executar o arquivo específico. Ups!

Esta história, 'Que tipo de arquivo é este?' foi publicado originalmente porITworld.