Resolvendo Todos Os Problemas Do Windows E Outros Programas

Jailbreak unthethered para iOS 5.1.1 disponível para download

Absinthe 2.0, o jailbreak para iOS 5.1.1, está pronto e disponível para download, anunciou o Jailbreak Dream Team na conferência Hack in the Box em Amsterdã na sexta-feira.

O absinto 2.0 pode ser usado para dispositivos jailbreak iOS 5.1.1 , permitindo que os usuários obtenham acesso root ao sistema operacional e, por exemplo, baixem aplicativos não autorizados pela Apple.



O Absinthe 2.0 é untethered, o que é mais desejável do que jailbreaks tethered porque permite que os usuários reiniciem seus dispositivos sem conectá-los a computadores externos. Os jailbreaks untethered também permitem que os dispositivos permaneçam desbloqueados após uma reinicialização.



'Na verdade, conseguimos terminar o jailbreak untethered para a versão 5.1.1 do sistema operacional', disse o jailbreaker Nikias Bassen, também conhecido por seu Twitter @pimskeks, no final de dois apresentações o Jailbreak Dream Team deu durante a conferência. A equipe anunciou o novo jailbreak mencionando 'mais uma coisa', a frase que o ex-CEO da Apple, Steve Jobs, costumava usar para anunciar astutamente as principais notícias em coletivas de imprensa da Apple.

O Absinthe 2.0 é o primeiro jailbreak untethered para o iPad de terceira geração e também pode ser usado para o iPhone 4S, 4 e 3GS, o iPad 2 e 1 e o iPod Touch. Isto é disponível para download no site da equipe. No entanto, o Absinthe 2.0 só funciona com dispositivos que executam iOS 5.1.1.



Quando o novo jailbreak foi anunciado, o site da equipe estava fora do ar. “Ele estará disponível para download assim que conseguirmos colocar o servidor online novamente”, disse Bassen, que meio que brincando acrescentou que eles podem ter sido hackeados.

Ele trabalhou no jailbreak com os jailbreakers Joshua Hill (@ p0sixninja), David Wang (@planetbeing) e Cyril, que não forneceu seu sobrenome e também é conhecido como (@ pod2g).

Loek cobre todas as coisas de tecnologia para o IDG News Service. Siga-o no Twitter em @loekessers ou envie dicas e comentários por e-mail para loek_essers@idg.com